POR
DESTACADOS
PROJECTOS DESTACADOS

Equador

AREAS MARINHAS PROTEGIDAS

2015

SPAIN

REMOTE SENSING APPLIED TOHABITAT CARTOGRAPHY

2016 / 2018

Marrocos

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA AQUICULTURA

2017

Espanha

PORTOS DE LAS PALMAS

2013 / 2017

Guatemala

PORTO QUETZAL

2013 / 2014

Mauritânia

PORTO ARTESANAL N’DAMEICH

2016 / 2018

AREAS MARINHAS PROTEGIDAS

2015

Mapeamento bentico e dos ecossistemas em Seis Áreas Marinhas e Costeiras Protegidas (AMCP’s) e Quatro Zonas de Possível Expansão

Levantamento da linha base das características físicas e de ecossistemas dos fundos marinhos (mapeamento bentico) em Seis Áreas Marinhas e Costeiras Protegidas (AMCP’s) e Quatro Zonas de Possível Expansão:

Reserva Marinha Galera San Francisco, Refugio de Vida Silvestre y Marino Costero Pacoche, Reserva Marina El Pelado, Reserva de Producción Faunística Marino Costera Puntilla de Santa Elena, Área Nacional de Recreación Playas, Refugio de Vida Silvestre Isla Santa Clara, e 4 zonas de possível expansão (Jama, Canoa, Ayampe-La Entrada e Bajo Copé).

ClienteMinistério do Ambiente

LocalizaciónRepública do Equador

REMOTE SENSING APPLIED TOHABITAT CARTOGRAPHY

2016 / 2018

REMOTE SENSING APPLIED TO HABITAT CARTOGRAPHY

The objective of the project has been the improvement of the company's services in the field of habitat mapping, based on the innovation in the seabed identification processes automatically.

ClienteSODECAN

LocalizaciónGRAN CANARIA

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA AQUICULTURA

2017

Elaboração de um plano de aquicultura e um registo das infra-estruturas para o desenvolvimento da aquicultura na região de Marrakech-Tensift-Al Haouz y Doukkala-Abda

Diagnóstico e situação actual da aquicultura na região situada entre Marrakech-Tensift-Al Haouz y Doukkala-Abda. Projecto que se divide em duas fases distintas, onde em primeiro lugar identifica-se a delimitação das zonas aptas e melhores para o desenvolvimento da aquicultura. Dessas zonas classificadas como aptas realiza-se uma exaustiva caracterização das condições meteorológicas, estudo do fundo marinho, qualidade da água e das condições oceanográficas na zona de estudo.

Estes trabalhos de campo implicaram a realização de uma intensa campanha de campo ao longo de mais de 300 km de costa. A realização de todos estes estudos tem como objectivo principal, fornecer uma informação primária que ajude a realizar o futuro Plano de Desenvolvimento e Gestão da Aquicultura.

ClienteAgencia Nacional para o desenvolvimento da aquicultura.

LocalizaciónReino de Marrocos

PORTOS DE LAS PALMAS

2013 / 2017

Serviços de controlo da qualidade da água de acordo com um Plano de Vigilância Sistemático nos portos de Las Palmas (Gran Canaria), Arinaga (Gran Canaria), Arrecife (Lanzarote) e Puerto del Rosario (Fuerteventura) utilizando como base a ROM 5.1 e as Declarações de Impacto Ambiental das obras de ampliação

Durante 4 anos levar-se-á a cabo o controle de qualidade das águas nos portos geridos pela Autoridad Portuaria de Las Palmas.

O controlo tem como base a metodología proposta na ROM 5.1, relativa à qualidade das águas portuárias nos ambientes litorais. (editada por Puertos del Estado), a qual se inspira, na Directiva Marco de Aguas (2000/60/EC). O seguimento consiste no registo de dados in situ e na recolha de amostras de água e sedimentos portuários para a sua futura análise. Uma vez obtidos os parâmetros de controlo, estabelece-se o estado de qualidade das massas de águas portuárias, e uma avaliação que permite tomar decisões.

ClienteAutoridade Portuária de Las Palmas

LocalizaciónIlhas Canárias, Espanha

PORTO QUETZAL

2013 / 2014

Diagnóstico das estructuras de protecção costeira e transporte sedimentário produzido pelas correntes marinhas

Puerto Quetzal está localizado na costa do Océano Pacífico. A sua construção, em 1980, desestabilizou o transporte sedimentário da zona, originando uma área de erosão e uma de acreção de sedimento.

Por essa razão, o objecto desta assistência técnica era proporcionar, através de uma analise detalhada, a melhor solução que permitisse a estabilização das praias em ambos os lados do Porto Quetzal. A análise incluiu uma grande campanha de campo (estudo batimétrico, geofísico, sedimentológico e hidrodinâmico) e um intenso “trabalho de escritório” (simulações hidrodinâmicas, transporte sedimentário, propostas de alternativas e definição do projecto definitivo).

A solução proposta restaura o sistema natural e permite a sua manutenção nos próximos anos.

ClienteEmpresa Portuaria Quetzal

LocalizaciónRepública de Guatemala

PORTO ARTESANAL N’DAMEICH

2016 / 2018

Estudo geofísico marinho, recolha de amostras submergidas e supervisão das campanhas topográficas, batimetricas na área de construção do porto artesanal de N’Dameich

Realização de um estudo geofísico (aquisição de dados e interpretação dos mesmos) e recolha de amostras sedimentárias na região de N’Dameich. A recolha dos dados geofísicos realizou-se com um perfilador SES 2000; para as amostras superficiais do leito marinho utilizou-se uma draga tipo Van Veen. Assim mesmo, participou-se assessorando o levantamento de dados topográficos e batimetricos da zona. Este trabalho foi utilizado como base na hora de desenhar a nova estructura portuária, destinada à pesca artesanal e costeira, que se vai levar a cabo nesta região da Mauritania.

ClienteTypsa, S.A.

LocalizaciónN’Dameich, Mauritânia